Apartamento T3 em Fraiao

250.000 € 1562.5€/m²
Braga, UDF De Nogueira, Fraião E Lamaçães

Descrição

O presente caderno de encargos refere-se ao edif cio de servi os e de habita  o multifamiliar a desenvolver no Lote 5 localizado na freguesia de Frai o no concelho de Braga. Este pr dio ser  constitu do por 9 andares na sua totalidade, sub-cave e cave destinadas a garagens, r s-do-ch o destinado a quatro espa os distintos de com rcio e/ou servi os, e ainda seis andares de habita  o compostos por 4 frac  es, duas da tipologia T3 e duas da tipologia T4. Apenas foi considerado o mobili rio fixo, pelo que o mobili rio desenhado em projecto n o faz parte do presente caderno de encargos. Todos os artigos, materiais e produtos identificados pela respectiva marca, poder o de acordo com a legisla  o ser substitu dos por outros de igual qualidade, desde que nas respectivas fichas t cnicas as suas caracter sticas e acabamento sejam id nticas aos solicitados. Estes dever o ser aplicados de acordo com as e regras de constru  o e recomenda  es constantes nas fichas t cnicas elaboradas pelos fabricantes. Solu  o Proposta No piso Sub-Cave ser  destinado: • 14 garagens • Sala de m quinas • Cisterna No piso Cave ser  destinado: • 15 garagens No piso R s-do-Ch o ser  destinado:Obra de pedreiro Objectivo da Empreitada Os trabalhos relativos   obra de pedreiro s o os respeitantes ao movimento de terras, estruturas resistentes, pavimentos t rreos e muros, de acordo com o projecto e as condi  es estabelecidas no presente caderno de encargos. Implanta  o A marca  o da obra ser  feita pelo empreiteiro e com a assist ncia da fiscaliza  o sendo no entanto, qualquer erro observado da exclusiva responsabilidade do empreiteiro. Aterros Ser o executados por camadas sucessivas de 30cm de espessura, bem regadas e batidas a ma o ou cilindradas. Os aterros ser o isentos de materiais org nicos putresc veis. Escava  es Execu  o da terraplanagem necess ria   implanta  o do edif cio, abertura de caboucos, covas, etc., com as profundidades necess rias para a execu  o integral da obra de acordo com as cotas e desenho do projecto.Execu  o de toda a obra de bet o armado prevista nos desenhos e demais elementos do projecto de estabilidade, de acordo com as prescri  es do R. B. A. e com as normas correntes. A betonagem ser  feita com vibra  o mec nica. Lajes aligeiradas com 0.20, lajes maci as com 0.20mt de espessura. Muros Execu  o de muros de suporte de terras em bet o armado com 0.20mt de espessura, de acordo com projecto de estabilidade. Os muros ser o impermeabilizados pela aplica  o de prim rio betuminoso de emuls o asf ltica Imperkot e membrana betuminosa Polyplas 30, sendo drenados por membrana Dorken Delta MS e geodreno. O geodreno ser  protegido por filtro geotextil e caixa de brita. 2. Obras de Trolha, Vidraceiro e Pintor Objectivo da Empreitada Os trabalhos relativos   obra de trolha, vidraceiro e pintor s o os respeitantes a paredes, revestimentos de paredes, acabamento de pavimentos, impermeabiliza  es, redes de saneamento e  guas pluviais, etc. Fornecimento e coloca  o de vidros, pintura de todas as superf cies de acordo com o projecto e as condi  es estabelecidas no presente caderno de encargos, para que se verifique no final um perfeito acabamento da totalidade da obra. Paredes - Paredes interiores As paredes divis rias nos fogos ser o realizadas com perfis met licos e placagem dupla de gesso cartonado em cada face. As paredes de separa  o de fogos e as paredes de separa  o de fogos com as zonas comuns (caixa de escadas e patamares) ser o executadas em bet o armado com espessura de 20cm. - Paredes exteriores As paredes exteriores ser o constitu das por parede de bet o armado com espessura de 20cm, forrada pelo interior com estrutura de perfis met licos e placa de gesso cartonado. A caixa-de-ar formada entre os perfis e a parede de bet o armado ser  preenchida por pain is r gidos de l  mineral. - Isolamento t rmico O isolamento t rmico, conforme referido, ser  executado com recurso a pain is r gidos de l  mineral. - Isolamento Ac stico Os pain is r gidos de l  mineral mencionados anteriormente tamb m possuem as caracter sticas necess rias para providenciar isolamento ac sticoCondutas de fumos e ventila  es As condutas de extrac  o das cozinhas e das lareiras ser o executadas atrav s de tubo tipo Spiro, com aplica  o de exaustor embutido no caso das cozinhas e envolvidas por l  mineral no caso das lareiras. As condutas de ventila  o dos sanit rios ser o executadas em tubos de PVC. Ser o instaladas caldeiras a g s nos locais definidos, com extrac  o horizontal for ada. Cobertura As coberturas e os terra os ter o as caracter sticas que se seguem: Aplica  o de camada de forma e caleiras, sobre a laje de suporte, de acordo com desenhos de projecto. Execu  o de betonilha de protec  o mec nica e regulariza  o. Aplica  o de prim rio betuminoso de emuls o asf ltica do tipo Imperkote F e de dupla membrana betuminosa tipo Imperminho. Isolamento t rmico do tipo Roofmate e separador em poli ster. O acabamento dos terra os n o acess veis ser  em betonilha polida e dos terra os e das varandas ser  com cer mico colado tipo ard zia. As platibandas da cobertura e corpos das chamin s ser o impermeabilizadas por membrana mineral, com aplica  o de rufos em chapa. Regulariza  o de pavimentos Os pavimentos ser o constitu dos por argamassa de regulariza  o com cimento e areia, a fim de receberem os revestimentos definitivos. Revestimentos de paramentos exteriores As paredes de fachada s o em bet o aparente sendo revestidas a pedra natural grampeada nas zonas indicadas em projecto. O revestimento das paredes interiores das varandas ser  constitu do por reboco areado para coloca  o de filete preto tipo Cimenteira do Louro. Revestimentos de paramentos interiores Todas as paredes ser o revestidas conforme as indica  es que se seguem, devendo a aplica  o dos produtos e materiais obedecer  s regras de constru  o e conselhos dos respectivos fabricantes de acordo com as fichas t cnicas. -  reas comuns A entrada e as distribui  es do edif cio ser o genericamente revestidas por granulado denominado graniplast, ou similar. Nas escadas e arrecada  es ser  aplicado gesso projectado nas paredes, para posterior pintura.As soleiras das portas de patim das frac  es ser o em pedra natural. Esgotos e Drenagem As redes de esgotos de  guas dom sticas e de  guas pluviais ser o executadas de acordo com os projectos de especialidade, respeitando as normas regulamentares e as indica  es da fiscaliza  o. A rede de esgotos de  guas dom sticas ser  constru da em tubos de PVC enterrados e envolvidos por bet o, sif es de p tio, caixas de visita e c mara interceptoras desde as prumadas at  colectoras, sendo executada liga  o   rede de saneamento existente. A rede de  guas pluviais ser  constru da em tubagens de cimento subterr neas, caixas de decanta  o, caixas de visita e c mara interceptora. As caixas de visita ser o constru das em blocos de bet o hidr fugo e com caneluras no fundo para guiar os esgotos possuindo tampas hidr ulicas em ferro fundido revestidas com o material de acabamento do respectivo espa o, interior ou exterior. Tampos de arm rios e balc es Os tampos dos arm rios e os balc es das cozinhas ser o definidos nas carpintarias de acordo com os projectos. Vidros Todos os vidros ser o de boa qualidade e assentes pelos processos mais apropriados a cada caso, de acordo com os tipos, espessuras e locais indicados no projecto e devidamente especificados em mapa de v os. Na caixilharia de alum nio dos apartamentos ser o aplicados vidros duplos incolores, com o vidro exterior tipo climaguard e o interior normal, excepto nos v os de correr da sala e cozinha, em que o vidro interior   laminado e o exterior   normal, nas espessuras indicadas no mapa de v os. Sobre os lavat rios dos sanit rios das suites ser o instalados espelhos. Na entrada do pr dio ser  instalada porta de correr em vidro temperado incolor, dotada de automatismo el ctrico de abertura regularmente ligado ao sistema autom tico de detec  o de inc ndios do edif cio. Na caixilharia de alum nio das garagens ser o aplicados vidros opalinos nas espessuras indicadas em mapa de v os exteriores. Nas bases de duches ser o aplicados resguardos em vidro laminado com 1,10x2,00mt. Nas varandas ser o instalados guarda corpos, de acordo com desenhos de pormenor. As guardas ser o executados em vidro laminado

Reference: BTRIRB139
Number of rooms: 3
Tipo de negócio: Sell
Gross Area: 175m²
Número de WC: -
Construction year: 2021
Useful Area: 160m²
Lugares Garagem: 0
Estado : New
  • Elevadores
  • Vista Campo
  • Vista Cidade
  • Roupeiros embutidos
  • Caixilharias PVC
  • Estores Elétricos
  • Janelas "Oscilo-batente"
  • Vidros Duplos
  • Acumulador de Calor
  • Ar Condicionado
  • Banheira Hidromassagem
  • Loiças Suspensas
  • Toalheiros aquecidos
  • Portão Elétrico
  • Injeção na rede
O nosso website usa cookies para ajudar a melhorar a sua experiência de utilização. Ao utilizar o website, confirma que aceita a sua utilização. Esperamos que esteja de acordo. Termos & Condições | Política de Cookies.